Fundo IFRS - INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Portaria 1886/2016 Portaria 1879/2017 Instrução Normativa 002/2016 Ata de Reunião 01/2015 Ata de Reunião 01/2016 Lista de Presença 01/2016 Ata de Reunião 02/2016 Lista de Presença 02/2016 Ata de Reunião 01/2017 Lista de Presença 01/2017 Ata de Reunião 02/2017 Lista de Presença 02/2017 Ata de Reunião 03/2017 Lista de Presença 03/2017 Ata de Reunião 04/2017 Lista de Presença 04/2017 Ata de Reunião 05/2017 Lista de Presença 05/2017 Ata de Reunião 06/2017 Lista de Presença 06/2017
Results 1 to 20 of 328 Show all

Identity area

Reference code

BR RSIFRSREI IFRS

Title

INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Date(s)

  • 2008 (Creation)

Level of description

Fundo

Extent and medium

Não dimensionado

Context area

Name of creator

(2008 até hoje)

Administrative history

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) foi criado em 29 de dezembro de 2008, pela lei 11.892, que instituiu, no total, 38 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Por força de lei, o IFRS é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC). Goza de prerrogativas com autonomia administrativa, patrimonial, financeira, didático-científica e disciplinar. Pertence à Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

Em sua criação, o IFRS se estruturou a partir da união de três autarquias federais: o Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) de Bento Gonçalves, a Escola Agrotécnica Federal de Sertão e a Escola Técnica Federal de Canoas. Logo após, incorporaram-se ao instituto dois estabelecimentos vinculados a Universidades Federais: a Escola Técnica Federal da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e o Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati, de Rio Grande. No decorrer do processo, foram federalizadas unidades de ensino técnico nos municípios de Farroupilha, Feliz e Ibirubá e criados os campi de Caxias do Sul, Erechim, Osório e Restinga. Estas instituições hoje fazem parte do IFRS na condição de campi.

Archival history

Immediate source of acquisition or transfer

Content and structure area

Scope and content

Appraisal, destruction and scheduling

Accruals

System of arrangement

Conditions of access and use area

Conditions governing access

Conditions governing reproduction

Language of material

Script of material

Language and script notes

Physical characteristics and technical requirements

Finding aids

Allied materials area

Existence and location of originals

Existence and location of copies

Related units of description

Related descriptions

Notes area

Note

Fundo aberto, ainda recebendo incorporação de documentos, decorrente das atividades-meio e fim do Instituto.

Alternative identifier(s)

Access points

Subject access points

Place access points

Name access points

Genre access points

Description control area

Description identifier

Institution identifier

Rules and/or conventions used

Status

Draft

Level of detail

Partial

Dates of creation revision deletion

Language(s)

Script(s)

Sources

Archivist's note

Responsáveis pelas descrições registradas:
Claudineli Carin Seiffert (Técnica em Arquivo)
Prof. Dr. Daniel Flores (Orientador)

Accession area

Related subjects

Related genres

Related places