Item documental Ata_03_2017 - Ata de Reunião 03/2017

Abrir original Objeto digital

Área de identificação

Código de referência

BR RSIFRSREI IFRS-REI-000-010-011-FORSERV-REUN-2017-19abr-Ata_03_2017

Título

Ata de Reunião 03/2017

Data(s)

  • 19/04/2017 (Produção)

Nível de descrição

Item documental

Dimensão e suporte

Documento textual contendo duas páginas

Área de contextualização

Nome do produtor

(2016 até hoje)

História administrativa

Em 24 de agosto de 2015, após realização da Assembleia Geral do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE) – Seção Sindical Bento Gonçalves, ocorrida na Reitoria do IFRS, que teve como pauta principal a votação para adesão a greve, iniciou-se as primeiras atividades dos servidores, que mais tarde se concretizariam na criação do Fórum Interno dos Servidores.
A partir da adesão a greve por parte dos servidores da Reitoria, que iniciou em 27 de agosto de 2015, foram realizadas atividades pelo Comando de Greve, tais como: encontros, campanhas de doação e reuniões entre os servidores grevistas. Durante essas atividades organizou-se a pauta interna da greve, sendo que uma das pautas correspondia a “viabilização e apoio para a realização de reunião mensal dos servidores da reitoria”. Essa pauta tinha pontos a serem discutidos, tais como: finalidades das reuniões, periodicidade das reuniões, composição, responsáveis pela coordenação das reuniões e atribuições dos responsáveis pela coordenação das reuniões. A partir desses pontos, o Comando de Greve convidou a todos os servidores, independente de aderirem ou não à greve, para que participassem dos encontros, a fim de darem sugestões a pauta supracitada.
Durante a greve, os servidores decidiram pela criação de uma comissão que ficaria responsável pela implementação do encontro periódico dos servidores da Reitoria. Essa comissão, formada pelos servidores Ana Maria Jung de Andrade, Carlos Stefan Simionovski, Carolina Fontoura Cartana, Leonardo da Silva Cezarini e Suelen Patrícia dos Santos, debateu e criou junto aos servidores de Reitoria e a gestão, o formato e os objetivos do espaço para os encontros periódicos. Esse debate resultou na criação da Instrução Normativa n° 002, de 26 de agosto de 2016. A referida Instrução Normativa foi assinada pelo então Reitor Substituto, Amilton de Moura Figueiredo, instituindo o Fórum.
A abertura oficial do Fórum aconteceu no dia 06 de setembro de 2016, através da primeira reunião do Fórum Interno de Servidores da Reitoria do IFRS, tendo como primeiros membros os servidores: Ana Maria Jung de Andrade, Constance Manfredini, Andrew Chaves Feitosa da Silva, Leila Schwarz e Mere Luci da Rosa, designados pela Portaria n° 1886, de 09 de setembro de 2016.

Entidade custodiadora

História do arquivo

Procedência

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Ata n° 03/2017 da Reunião do Fórum Interno dos Servidores da Reitoria.
Local: não informado
A reunião inicia com explanação sobre as pautas específicas.
Andréa Sonza é apresentada e relata sobre a origem da Assessoria de Ações Inclusivas do IFRS e suas funções. Explana também sobre os Núcleos de Ações Afirmativas (NAPNE, NEABI, NAG) e sobre a evolução do projeto iniciado em 2013 até o surgimento do Centro de Tecnologia de Acessibilidade (CTA). As práticas das ações do CTA continuam a ser explanadas por Anderson Dall Agnol e convida a todos para uma visitação guiada ao CTA.
Willian Rustik fala rapidamente sobre o dimensionamento de pessoal do IFRS e das dificuldades de gerenciá-lo.
Marc Emerin, diretor de gestão de pessoas, aborda a necessidade urgente de que os servidores revejam a subutilização do espaço coletivo de convivência no 4º andar, pois o o grupo que trabalha no Ensino à Distância solicita uma sala fechada para elaboração dos vídeos e conferências. Sugere cedermos o espaço em troca de reocuparmos o antigo espaço do ponto eletrônico. O servidor Alisson interpela relatando a possibilidade de eventuais desconfortos com o barulho que poderá ocorrer das conversas do espaço de convivência, sugerindo então utilizarmos o terraço do Prédio ou o jardim de inverno no térreo após breve reforma no local.
O servidor Wendell relata a aprovação do per saltum por parte do CONSUP mas com negativa da gestão.
Não há informação de quem lavrou a ata.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Área de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Nota

Documento sem assinaturas e sem numeração de linhas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Nível de detalhamento

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Objeto digital (Mestre) área de direitos

Objeto digital (Referência) área de direitos

Objeto digital (Miniatura) área de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados